7 de dezembro de 2012

Como Tratar a Dona do Seu Prazer.

1) Faça-a sentir que de fato é a pessoa mais importante na sua vida. Simples atitudes, como deixar um bilhete carinhoso antes de sair, podem fazê-la ganhar o dia. E não há dúvidas de que ela merece ficar assim diariamente: 



2) Fique sempre atento. Antecipe-se ao pedido dela. Mesmo que ela não explique exatamente o que quer que você faça, ela deixa valiosas pistas que mostram exatamente seus desejos e necessidades:




3) Sempre que ela estiver cansada ou tenha passado um dia difícil no trabalho, não a importune nem pressione com questões insignificantes (como por exemplo, sua ausência de orgasmos). Apenas aproveite para mimá-la com uma massagem, com uma sopa quentinha e um cafuné bem gostoso, tudo depois que ela tomar um bom banho relaxante:



4) Presenteie-a sempre com o que ela mais gosta. Isso demonstra seu amor e devoção pela sua dona de uma forma muito especial.




5) Cuide da sua aparência, mantendo todo seu corpo limpo (em especial a gaiolinha) e depilado, se assim ela quiser. Lembre-se que seu corpo é propriedade dela. Assim, você estará sempre pronto para satisfazê-la na hora e quantas vezes ela quiser.



6) Seja honesto com ela. Abra-se. Diga o que você sente, pois ela não pode ler sua mente. Você não pode querer que ela adivinhe seus desejos e fantasias secretas:


  

7) Não fique na expectativa nem exija que ela satisfaça todas as suas fantasias sexuais. Ao contrário de você, ela não é obrigada a te satisfazer em tudo. Apenas seja grato por ela te manter trancado (que já é um grande presente por si só), e pelas vezes em que ela raramente quiser premiar você, por um ótimo comportamento, realizando algumas dessas fantasias:




8) Satisfaça-a sempre no sexo. Jamais negue qualquer pedido de chupá-la, massageá-la, beijá-la, venerá-la, admirá-la, etc. As fantasias dela devem ser sempre realizadas a qualquer custo. O orgasmo dela é sagrado:






9) Lembre-se que foi você quem desejou (ou permitiu) o controle dela sobre seu sexo. Não a fique importunando por não aguentar mais ficar sem gozar, pois ela pode lhe aplicar um orgasmo arruinado, punição nada agradável para o casto:


10) Ah, não podia deixar de dizer: se você se comportar mal, peça várias desculpas, ajoelhe-se e beije os pés dela. Agradeça se for perdoado e aceite qualquer punição de bom grado. Ela te ama e está fazendo isso para o seu bem:








Obs: Montei esta postagem para inspirar as Keyholders e orientar os castos. Essas "regras" são mais ligadas ao tesão do FEMDOM em si do que às regras necessárias a uma boa vida em castidade. Para serem seguidas a risca devem estar dentro do que foi estabelecido em comum acordo entre o casal: Se o casto assinou um contrato em que a mulher deve ser servida de forma semelhante ao o que está mostrado aqui, elas passam a ser reais, e não apenas provocativas

Marketing no Relacionamento





SÁBADO, 31 DE MARÇO DE 2012


O marketing no relacionamento amoroso


Homem presenteando mulher
Antes de explicar como se dá o marketing dentro de um relacionamento, primeiro tenho que explicar o que é marketing.  Marketing, no sentido literal da palavra, é mercado em movimento, porém, para você entender a finalidade da postagem essa tradução ao pé da letra não ajudaria em nada. Apenas entenda que marketing, para as empresas, é satisfazer a necessidade do cliente. Para você que pensava que marketing era somente fazer propaganda pra vender algum produto, se enganou. Agora vamos entender de que maneira esta área empresarial pode se enquadrar dentro do seu relacionamento. Para começar a entender isso com base no que foi dito logo acima, pense assim: Você é a empresa e seu parceiro ou parceira é o cliente e você precisa atender as necessidades deste cliente, ou seja, seu par. Como você pode fazer isso? Continue lendo para entender.
  
As pessoas estão constantemente procurando encontrar alguém que lhes satisfaça para poder viver um relacionamento verdadeiro e, quem sabe no futuro, está preparado para o casamento. No entanto, existem vários passos que devem ser dados para se alcançar este objetivo, dentre eles, satisfazer a outra pessoa em suas necessidades.

O marketing empresarial é feito em três passos:Pré-venda, venda e pós-venda. Assim também dever ser o marketing no relacionamento amoroso.

A FASE DO ENCANTO – A PROPAGANDA (PRÉ-VENDA)


Esta fase acontece logo no inicio do relacionamento, quando os dois ainda estão se conhecendo e ainda não há uma afetividade maior, pois um ainda está na fase de mostrar para o outro suas qualidades como um produto que é de qualidade para ser adquirido.

Nesta fase os dois que compõe um relacionamento fazem de tudo para agradar um ao outro na expectativa de conseguir convencer de que podem atender a necessidade de ambos.

Homem: É aí que o homem entrega as flores, fala de maneira sedutora, trás uma caixa de chocolate, leva no cinema, insiste em pagar a conta, abre a porta do carro, liga com freqüência, não se aborrece com facilidade, perdoa pequenas falhas, desconsidera defeitos e age, na maioria das vezes como um perfeito cavalheiro e tentando enxergar apenas qualidades. Tudo isso é feito na tentativa de “vender o produto” que, neste caso, é ele mesmo. (Veja o que as mulheres esperam de um homem)

Mulher: É aí que a mulher se veste bem, passa horas no cabeleireiro para ficar impecável para os encontros, se maquia, compra umas roupas que a deixam mais sedutoras, molha com freqüência os lábios, cruzam as pernas na presença do homem e fazem de tudo para que nenhum de seus defeitos apareça. Essa é a forma da mulher “vender seu peixe”, que neste caso, é ela mesma. (vejaCaracterísticas que uma mulher procura em um homem e Como a mulher deve tratar o homem)

A FASE DA POSSE – A AQUISIÇÃO (VENDA)


Esta é a fase onde um vai “comprar” aquilo que o outro mostrou na fase da pré-venda, ou seja, vai adquiriro “produto”. Neste ponto do relacionamento amoroso já se conhece a outra pessoa com mais detalhes, porém, como acontece nas empresas, só vamos ter certeza de que aquele produto faz o que a propaganda diz na prática, ou seja, quando usamos o produto.

A fase da venda deve ser encarada com a tomada de posse de algo que lhes dê valor. Valor este que na primeira fase foi intrinsecamente mostrado. A questão aqui é que a pessoa que estava disponível na prateleira, ou seja, aquela que se usou do marketing para fazer a outra se interessar sentimentalmente, deve mostrar que a propaganda realmente não era enganosa. (veja como segurar um amor)

Assim, as qualidades apresentadas na fase da propaganda devem manter-se para passar continuamente o mesmo valor para o cliente. Só assim o seu par terá a certeza de que tudo aquilo que foi mostrado anteriormente realmente era verdade.

A FASE DO USO – A ASSISTÊNCIA (PÓS-VENDA)


Depois que um fez a propaganda pro outro e o outro adquiriu o produto, agora é hora de mostrar que este produto tem sua finalidade exatamente como foi criada na cabeça da pessoa. Também é hora de estar sempre disposto a atender as necessidades da pessoa que por ventura tenha algum problema com o uso do produto, ou seja, você se vendeu, porem, mais cedo ou mais tarde, pode ser que você venha a dar algum problema e, se isso acontecer, é necessário que haja uma assistência para “consertar” isto.

A fase pós-venda é muito importante porque é aí que determina se alguém vai continuar usando o produto ou se vai descartar ou até mesmo trocar por outro. Isso quer dizer que se você não é aquilo que mostrou que era na fase da pré-venda, então muito provavelmente não irá satisfazer a necessidade do seu par e acabará sendo descartado para que esta pessoa venha a ficar só novamente ou será trocado por alguém que possa suprir a necessidade sentimental que você não foi capaz de atender.

Essas três fases são muito importantes na área dos negócios, mas igualmente se dá no relacionamento amoroso, pois manter um relacionamento do começo ao fim é passar por estas fases mesmo que não se tenha a percepção disso.

Encontrar e manter alguém é constantemente está sempre fazendo a propaganda de si mesmo e sempre dando assistência ao parceiro (cliente) para que este não precise de mais nenhum outro produto ou serviço, se é que me entendem.




Comentário do Blogueiro:

Adivinhem o que pode transformar o homem no melhor produto durante o pós-venda?

(Dica):
William.