20 de maio de 2013

"Carta para a sua Amada" - De mulher pra mulher é mais fácil convencer!





Olá, pessoal! Em comemoração à 50ª postagem, e como alguns me pediram por e-mail, disponibilizo a Carta para Sua Amada, de Sarah Jameson, na íntegra. Para aqueles que querem revelar à sua amada que possuem o fetiche pela castidade, mas tem vergonha de falar. Basta copiar o texto, colar no word, imprimir e entregar. 

Obs: Só a imagem da assinatura de Sarah para copiar/colar no fim do word, é que eu não quero postar aqui, pois não sei se vai violar algum direito. Mas quem quiser aumentar o realismo da carta colando a assinatura de Sarah no fim do .doc, escreve o e-mail nos comentários desta postagem que eu mando assim que puder.

Lá vai:

_______________________________________________






AVISO
- Entregar esta carta para sua esposa é um ato irreversível: você não pode desfazê-lo.


- Ninguém pode prever como ela vai reagir. Ela pode ser receptiva e te dar o que você está querendo.

- Ela pode ignorá-la completamente e fingir que nunca aconteceu.

- Ela pode até mesmo dar um ataque de fúria e decidir deixá-lo.

- Eu (Sarah) não tenho controle sobre nada disso, portanto não me responsabilizo pelas atitudes de sua amada.

- Se você estiver em dúvida sobre isso, NÃO dê esta carta a ela.

- Se você decidir ir em frente, faça inteiramente por sua conta e risco.

- E lembre-se ... cuidado com o que você deseja.


COMO USAR ESTA CARTA



1. Imprimir.

2. Leia toda a carta várias vezes e se familiarize com seu conteúdo.

3. Se e quando estiver pronto, retire esta página antes.

4. Escreva uma saudação apropriada no topo da primeira página (por exemplo, "Minha Querida,").

5. Escolha um momento adequado de calma, quando sua esposa está bem humorada relaxada e receptiva.

6. Dê-lhe a carta (mas ler o meu aviso acima).


(FIM DA PÁGINA 1)

 (Imprimir a partir daqui):

___________________________________________________________________



           Cara amiga, ________________.


         Primeiro, deixe-me apresentar-me:
Meu nome é Sarah Jameson, e este texto não é propaganda de nenhum produto, nem estou te vendendo nada. Estou aqui para atender a um pedido de ajuda.
Seu marido pediu a minha ajuda com algo que ele julga muito importante. É algo que ele gostaria de dizer por si mesmo, mas como você notará, é difícil dizer algo tão sensível.
         Por enquanto, porém, pode relaxar: ele não me conhece. O que ele sabe sobre mim é o que eu escrevo no meu blog, portanto, qualquer preocupação que você possa ter sentido em ler algo de outra mulher é desnecessária. Esta é uma carta geral, que eu mando para todos os homens que me escrevem pedindo ajuda para revelar o que você vai ler adiante.
 Eu não sei quem é você, e eu não sei quem é o seu marido, então ele não me disse nada sobre você ou sobre o seu relacionamento e sua intimidade. Ele não está revelando nem a mim nem a ninguém suas confidências e intimidades. A única coisa que eu sei, é simplesmente, o porquê de ele estar entregando-lhe esta carta: é que ele sente que algo está faltando no relacionamento de vocês, que ele não está dando a você o melhor que ele tem para oferecer como marido, companheiro e amante.
 Então, com essa preocupação deixada de lado, eu vou abrir o jogo de forma bem clara desde o início (é melhor você se sentar, porque é forte): ... o que o seu marido quer, é que você assuma o controle total dos orgasmos dele!
 "Ããhhnn??!!!!" É! Isso mesmo: seu marido quer que você decida quando ou se vai deixá-lo ter orgasmos! Pode ser difícil de entender, mais é simplesmente isso!
Significa, inevitavelmente, (embora você possa achar que é difícil aceitar ou entender isso agora) que entregando a você esse tal de ‘controle dos orgasmos dele’, ele vai voltar a te tratar com o amor, a atenção e a devoção na mesma ou em maior intensidade do que quando vocês começaram o seu relacionamento. Ele quer reavivar o grau da antiga chama da paixão de outrora.
         Em outras palavras, ele quer que você seja a única a decidir quando, como, onde, e mesmo SE ele vai chegar ao orgasmo enquanto vocês estiverem desfrutando de intimidade sexual juntos. Como resultado natural desse controle, a intimidade emocional que vocês vão experimentar vai ultrapassar qualquer coisa que você talvez nunca antes tenha experimentado. E sei que ele não quer o mesmo em troca, pelo contrário, ele quer é te dar mais e mais orgasmos, sempre que você quiser.
         Estou certa de que, aceitando isso, o seu relacionamento estará, certamente, voltando a ser como costumava quando estavam juntos no início. Ou até melhor, pois estará somado com a intimidade e maturidade agregados ao longo dos anos, desde o início do relacionamento, o que é muito melhor do que um início de namoro. Vocês dois saem ganhando.
         Isso provavelmente soa como uma loucura, ou algo bizarro, mas a minha própria experiência e as das milhares mulheres com seus maridos, que já adotaram essa prática, me mostram e provam que é verdade.
Resumindo, isso é a essência do que chamamos de Castidade Masculina. Por favor, entenda, isso não envolve somente o sexo. Claro que está diretamente conectado com sexo, mas não se limita somente a ele. Abrange principalmente a intimidade emocional e física que vocês passarão a compartilhar em suas vidas. É sobre o seu homem querendo ardentemente se tornar um marido melhor, mais romântico e atencioso para você. Trata-se de vocês dois como casal, elevando o relacionamento a um ponto que você jamais imaginou ser possível. E você está lendo isso de mim, porque o seu marido, por razões que você vai entender logo adiante, sente que é algo que ele é incapaz de fazer sozinho: ele precisa de você!
Sim, eu sei, que é algo tão novo e chocante que você pode estar confusa agora, mas convido você a ficar comigo e assim que você terminar de ler esta carta, você vai entender que não é tão incomum como se poderia pensar ... e não só é inofensivo, mas na verdade ajuda os casais a desfrutar de mais intimidade em suas vidas.

MAS POR QUE VOCÊ IRIA QUERER ME OUVIR?

         Bem, cerca de quatro anos atrás, eu estava exatamente onde você está agora - só que o meu marido, John, escreveu um bilhete pra mim, revelando tudo.
Minha reação inicial foi de choque: "Por quê?", Perguntei-me, rapidamente, seguida logo por um "Por que eu"?
         Felizmente para nós dois, John tinha feito sua lição de casa e guiou-me através desse campo minado, pois, é claro, minha primeira reação foi entrar na internet e pesquisar o assunto por mim mesma.
         Porém, isso foi um alerta pra mim. Por quê? Porque eu encontrei e percebi rapidamente que os "recursos" on-line sobre castidade masculina são apenas fantasias escritas por homens tristes, solitários que projetam a coisa toda fora de proporção e fazem da castidade masculina algo que absolutamente não é.
 Então essa é minha primeira palavra de cautela para você: leia o resto desta carta antes de fazer qualquer outra coisa. Tenho certeza que você vai ter um conhecimento sério e sensato sobre este assunto.
         Mas por favor não faça nada até que você ler esta carta, dar uma boa olhada no meu blog, http://www.malechastityblog.com, e ler meu livro "Cuidado Com o Que Você Deseja", caso o seu marido tenha uma cópia. E depois, pense bastante sobre tudo isso. Em seguida, sente e converse muito sobre isso com ele.
 Tirar conclusões precipitadas e tomar atitudes drásticas agora, não vai ajudar nenhum de vocês, e isso eu posso dizer sem qualquer dúvida. Então, respire fundo, mantenha a mente aberta, e continue lendo, como eu fiz quando meu marido me revelou desse jeito.
 Enfim, depois de dois anos praticando a castidade masculina com John, eu criei o Blog de “Castidade Masculina”, porque eu percebi que há dezenas, provavelmente centenas de milhares de homens e mulheres por aí que desejam e se beneficiam da castidade masculina, mas que estão sem rumo, confusos, assustados e enganados pela massa de bobagens que existem por aí na internet.
Para resumir, o meu Blog de castidade masculina, modéstia à parte, se tornou o recurso mais importante no mundo para os homens e mulheres que estão interessados em conhecer e desfrutar dos benefícios do que é comumente chamado de "castidade masculina baunilha", ou seja, sem toda a conotação teatral e fantasiosa que existem nas bobagens você vai ler em outros sites.
É para homens e mulheres que estão em relacionamentos amorosos e que desejam explorar a castidade masculina como forma de aumentar a intimidade emocional e física que experimentam e desfrutam com os seus parceiros. Como normalmente são os homens que descobrem e tomam a iniciativa de contar (reconheço que com muita coragem), o blog dá apoio a esses homens para que o façam da melhor maneira possível.
E o seu marido é um deles!
         Todos os dias, mais de 1.000 pessoas encontram o meu blog pela primeira vez, e mais de 7.000 homens e mulheres leem meus e-mails, dicas e atualizações diárias (agora você já sabe os desejos do seu marido não têm nada de incomum e que você está lendo algo de quem entende do assunto, rsrsrs).
 Eu estou compartilhando isso com você não me gabar, mas porque eu quero que você entenda que eu, como outra mulher, estive onde você está agora e considero minha decisão de abraçar a castidade masculina como provavelmente a melhor coisa que já aconteceu no meu relacionamento com John.
 Eu não pretendo que você aceite isto tudo de cara, mas por favor, para o bem de seu marido e seu, não descarte essa opção agora... continue lendo.

POR QUE VOCÊ PRECISA ME OUVIR?

Porque isso é difícil para ele.
         É provavelmente a coisa mais difícil que ele já fez - e a razão é tão difícil é que ele tem medo de como você pode reagir.
O que ele está prestes a pedir-lhe, desafia a compreensão comum e da sabedoria. Você pode estar chocada. Você pode estar horrorizada. Você pode até ficar enojada.
Todas essas reações são naturais e normais.
Mas por favor, entenda, que a sexualidade e o desejo dele por você é perfeitamente normal. Ele não é gay, nem efeminado, nem travesti ou transexual ou um doente pervertido.
Eu explico porque ele é um homem perfeitamente normal com o que deseja, e as razões pelas quais isso tudo pode não parecer normal pra você:

Razão 1: Você nunca ouviu falar disso antes (eu não tinha, até John me contar. Eu não ficava navegando na internet ou comprando revistas de fetiche pra descobrir por mim mesma.... Você conhece alguma mulher que faz isso?);

Razão 2: É totalmente contra-intuitivo para nós mulheres (que provavelmente nunca vamos entender esse desejo, mas tudo bem, desde que possamos aceitá-lo, e depois, passar a apreciá-lo também), e

Razão 3. Você provavelmente está se sentindo um pouco chocada e surpresa, e a tendência de descartar essa prática como "anormal" ou “bizarra” é um mecanismo de defesa psicológica natural.

Mas a verdade é: o que seu marido pediu é surpreendentemente comum entre os homens de todas as idades, principalmente aqui na Europa, e especialmente entre aqueles que estão em um relacionamento há algum tempo e que estão sentindo o inevitável declínio do romance (ou descobriram isso a tempo de evitar que o romance comece a diminuir).
Compreenda o quão nobre o seu marido foi, em ter reunido coragem para trazer este tema para você, mesmo que ele tenha pedido minha ajuda para fazer isso. Você sabe que os homens são assim: Eles acham difícil falar sobre seus sentimentos, a maior parte do tempo, e quando se trata de algo assim tão diferente... bem, é quase impossível para eles se abrirem a esse ponto.
 Então, a primeira coisa eu quero te assegurar é: o seu marido é perfeitamente saudével, perfeitamente normal, e não está doente ou pervertido. Na verdade, os homens geralmente procuram a castidade masculina em um determinado momento da vida, porque eles sentem que sua "habilidade" em se relacionar com suas mulheres não é mais a mesma ... e eles sentem que suas esposas estão mudadas por causa disso.
Em qualquer caso, enquanto eu não posso saber especificamente porque o seu marido está lhe pedindo para isso, pela minha experiência, digo que a razão é, invariavelmente, sobre ele e não um reflexo do que você tem feito ou falado ultimamente. Não há nada de errado com você, e é realmente importante que você entenda isso.
E segundo lugar, mesmo que possa ser incômodo e até mesmo um pouco assustador pra você: esse desejo dele em ter os orgasmos controlados por você, não vai acabar caso você não queira realizá-lo. Isso pode ser difícil de aceitar, mas é verdade. Todas as justificativas que você der para não aceitar, vão fazê-lo compreender e te respeitar, afinal, ele te ama e não é maluco de te trocar por uma fantasia. Mas nada do que você disser a ele, vai aplacar essa vontade de se manter em castidade por você.
Deixe-me explicar:
Há uma grande chance de que seu marido já tenha esse desejo por um longo tempo, talvez desde que ele era um adolescente, com a consolidação da sexualidade, quando começou a tornar-se consciente de seus sentimentos com relação ao sexo oposto. Ele pode não ter sido capaz de articular esses sentimentos, até para si mesmo, e muito menos denominar com o rótulo de "castidade masculina" acerca deles. Ele sentia, mas não entendia exatamente o que era. Para os homens, o caminho para a castidade masculina é uma busca por definição, catálogo e classificação dos seus sentimentos até que, nessa procura, ele tropeça em algum site ou revista e acaba encontrando a referência que traduz tudo o que ele sente: "castidade masculina".
Uma vez que eles fazem isso, tudo se torna claro para eles, e eles estão em posição de fazer alguma pesquisa real sobre o tema. Mas há uma grande diferença entre tomar conhecimento e fazer. A maioria dos homens sabem o que querem ... mas daí pedir para suas esposas ou namoradas para controlá-los é outra coisa completamente diferente.
Este é o ponto que em ele se encontra agora.
Ele pode ter suprimido ou fingido que não é importante, porque o medo de pedir o que ele quer, tem sido tão grande, que ele sentiu que não podia superá-lo.
Mas, quando você olhar para ele agora, por favor, entenda como isso é importante para ele. É tão importante, que finalmente ele superou o medo e resolveu te revelar. Eu sinceramente acho que ele te ama muito, e esse amor está intimamente ligado ao desejo por você como sua mulher. E seus desejos, em última análise o levaram a procurar informações sobre castidade masculina na Internet (isso não significa que ele está olhando para sites indecentes de pornografia) - Meu site é sobre a sexualidade adulta e os relacionamentos. Não tem conteúdo erótico de pornografia, ou filmes eróticos).
Os sentimentos dele o levaram para o meu blog.
E, finalmente, o blog o levou a dar-lhe esta carta.
Repito, ele tomou uma atitude muito corajosa.
A maioria dos homens não têm a coragem de se abrir com suas esposas. Eles deixam pequenas dicas indiretas espalhadas, algumas tentativas e truques, bajulam suas esposas. Alguns até mesmo me pedem para enviar os meus guias e recursos grátis, diariamente, às suas esposas, como se fosse por "acidente", esperando que elas vão receber a mensagem, ler, gostar e tomar a iniciativa de adotar castidade masculina com seus maridos, o que é extremamente difícil e fantasioso. Eu sempre recuso esses pedidos.
Mas o seu marido é diferente!
Ao dar-lhe esta carta, ele revelou seu maior segredo para você, um segredo que ele tem, e que, provavelmente, quase nunca ousou admitir para si mesmo. Isso não é um assunto que homens conversam sentados num bar, isso eu te garanto. É um segredo que ele fantasia sozinho, pois eles não tem uma rede de apoio emocional como nós mulheres temos com nossas amigas.
Então, ele finalmente descobriu a sua própria alma. Ele se expôs a um possível ridículo, a uma provável censura, ou até mesmo desprezo e repugnância da sua parte.
E tomando a decisão corajosa de fazer isso, ele demonstrou ser um leão entre os cabritos. Ele se arriscou por amor.
Você, pelo menos, deve dar o respeito e a cortesia de lhe dar um julgamento justo. Digo isto porque algumas mulheres têm a reação automática de explodir num acesso de raiva, dizendo que isso é tudo com o único interesse em querer mais sexo. Mesmo se isso fosse verdade, não há fundamentalmente nada de errado com isso, pois o sexo é uma atividade saudável entre duas pessoas que se amam.
Mas não é verdade.
O fato é que não é só sobre sexo, porque a castidade masculina vai muito além do sexo. Como eu vou explicar em breve, é uma maneira de aproximar mais os homens e suas mulheres, embora eu saiba que não é óbvio para você no momento.
O argumento é que, se você travá-lo agora e se recusar a discutir isso, não vai acabar aqui. O que ele confessou dando-lhe esta carta não vai fazer desaparecer o desejo dele pela castidade só porque você se recusa a discutir ou ao menos experimentar a ideia. Isso vai muito além dos desejos sexuais: esta é uma parte de quem ele é, e de quem ele sempre foi. Faz parte da essência da sexualidade dele.
Se você tem dificuldade em aceitar isso, então apenas pense por um momento como era quando você queria ter filhos. Toda mulher que já teve o desejo de ter filhos sabe o quão esmagador é esse sentimento. E não é algo que você pode controlar ou mesmo racionalizar, não é? Bem, goste ou não, é assim o desejo do seu homem pela castidade masculina. Como o desejo de uma mulher em ter filhos um dia, ou como os sentimentos que brotam da sua TPM. Ele não pode parar de se sentir como ele se sente. Esses sentimentos e desejos são um fato.
Porém, como ele reage a esse desejo está sob o controle dele ... e é por isso que ele manteve-os por tanto tempo na esperança de que parassem ou que ele poderia simplesmente esquecê-los.
Mas isso é uma esperança vã, e agora ele está assumindo o controle de seus sentimentos e está agindo de uma forma corajosa e responsável e coerente com o que sente por você.
Eu não estou dizendo categoricamente que você tem que fazer isso com ele. A escolha é sua! O que estou dizendo é que é importante que você leve-o a sério e não o maltrate por sentir isso, caso não concorde em praticar. Porque isso pode magoá-lo seriamente, ponha-se no lugar dele em relação aos sentimentos que você tem, os quais citei acima.

O QUE É CASTIDADE MASCULINA AFINAL? EXPLIQUE-ME MELHOR! 

Como mencionei brevemente no início desta carta, castidade masculina é, em essência, um jogo sexual, no qual a mulher assume a responsabilidade e controle sobre o orgasmo do seu parceiro, decidindo quando, onde e como e mesmo SE ele chega a seu clímax. Não é abstinência sexual!! Há sexo, excitação e prazer para ambos, porém com uma perpetuação prolongada do tesão masculino.
E a coisa importante aqui é entender que isso geralmente significa que você negará o orgasmo dele, às vezes por longos períodos de tempo.

 Quanto tempo?

Isso você é quem vai sentir, como você verá a seguir. Com muitos casais é apenas uma questão de uma semana ou duas, alguns casais decidem que é suficiente para o homem um orgasmo por mês. Depende do casal, dando a primazia à decisão da mulher, claro.
Alguns casais, como John e eu, gostamos de praticar muito mais tempo do que isso. Mas o tempo de castidade aumenta aos poucos, e nós já praticamos a castidade a 4 anos.  Além disso, não é o mesmo que celibato! Ele não está pedindo a você um casamento sem sexo. Ao contrário, casais que adotam a castidade masculina, invariavelmente sentem que desfrutam de mais intimidade física e apreciam-na com mais frequência - as maiores diferenças são que você é o foco da atenção e ele não pode atingir o orgasmo, exceto quando você decidir que ele vai poder.
Se você pesquisar “castidade masculina” na Internet, encontrará todos os tipos de lixo, de pessoas dizendo que isso significa que seu marido é, de certa forma, um homem fraco e submisso, ensinando que você tem que vesti-lo como uma mulher, e começar a dormir com outro homens.
         Isso é tudo uma grande mentira! É tudo inventado, absurdo e ao mesmo tempo é possível algumas das pessoas que afirmam estar vivendo assim, só o dizem para expressar uma fantasia que gostariam muito que fosse real, mas não é. Estão mentindo. O motivo de eles fazem isso, é uma incógnita. Mas para mulheres como você e eu, que querem descobrir a verdade sobre os nossos homens e seus desejos, eles estão enganando e deturpando tudo a respeito da verdadeira castidade masculina.
Ignore-os.
Eu até sugiro que você nem os leia. Mas se você achar que deve lê-los, basta ter em mente que eles são o produto de mentes fetichistas e fantasiosas, porém completamente distanciadas da realidade.
A Castidade masculina, em sua essência, é sobre uma mulher aceitar o presente de ter o controle do orgasmo do seu homem, na intensificação da sua intimidade física e emocional, e nada mais.
Agora, isso é contra-intuitivo e se você for como a maioria das mulheres não terá a menor ideia de por que um homem iria concordar com isso, e muito menos querer!
Bem, aqui está um segredo: Eu realmente não entendo, também. John explicou-me muitas vezes, e enquanto eu escuto, não consigo fazer a menor ideia do que seja gostar de ter o orgasmo negado.
Mas essa é a beleza da coisa: eu não tenho para compreendê-lo. Eu posso simplesmente aceitá-la e usufruir dos benefícios, de forma saudável e íntima.
E você também não é obrigada a entender isso. Você também pode simplesmente aceitar e usufruir dos muitos benefícios.  Como diz o ditado: "se você quer algo, nenhuma explicação é necessária. Se você não quer, nenhuma explicação é possível".

E QUAIS SÃO OS BENEFÍCIOS QUE A CASTIDADE MASCULINA VAI TRAZER PRA MIM?

Eu mencionei benefícios, algumas vezes, e você talvez se perguntando o que poderia ser, especialmente porque nós dois sabemos como os homens são ansiosos e LOUCOS por um orgasmo.
Bem, há muitos benefícios e acho que vai surpreender e encantar.
Primeiro há os benefícios a curto prazo, relacionados ao momento da relação sexual. Você sabe o que é quando você está casada há muito tempo. Não é que você não gosta de fazer amor, mas o impulso e desejo iniciais já não são mais os mesmos do início.
Às vezes eles morrem completamente, e os casais levam suas vidas sexuais com a barriga, fazendo amor com a mesma frequência da passagem do Cometa Halley.
Ambos desejam mais do relacionamento sexual do que aquilo que estão recebendo de fato. Mas porque eles estão felizes juntos e, se não há nada obviamente "errado", eles assumem que o esfriamento sexual é apenas um fato imutável da vida, e algo normal num relacionamento longo e desgastado pelo tempo e pela rotina.
A boa notícia é que a Castidade Masculina tem potencial para mudar tudo isso.  Digo "potencial" porque outra mentira, comumente referido como fato, é a castidade masculina pode remediar um relacionamento destruído.
Não pode.
E se você estiver lendo isto e você sabe, no fundo do seu coração, se o seu relacionamento está frio e distante, quase morto, então você deve resolver isso antes de começar a praticar jogos sexuais.
Mas eu estou supondo que este não é o caso. No seu caso, você está prestes a descobrir uma nova dimensão para o seu casamento. Você vai perceber quando estiver fazendo amor com ele, a centelha da juventude sexual voltar. Ele vai ser mais carinhoso e atencioso, porque agora ele está unicamente preocupado com o SEU orgasmo, em vez de com o dele próprio.
Sim, isso também é contra-intuitivo, mas os homens adoram. Na verdade, muitos homens que já praticam a castidade masculina, dizem que se sentem despreocupados com a "performance", e isso ajuda muito a aproveitarem intensamente o sexo, mesmo sem orgasmo.
Além disso, muitas mulheres também se sentem despreocupadas, porque não têm mais aquele peso de ter que proporcionar ao homem um orgasmo "inesquecível" e acabam por se sentirem mais soltas para fazer e receber carinho, ter mais orgasmos e com isso, sentir muito mais prazer.
Percebe?
É uma troca maravilhosa. Os dois ganham.
E eu compartilho isso com você, por experiência pessoal. Eu era cética também, no começo, mas depois que eu comecei a experimentar ... uau!!
A coisa mais difícil que você vai se deparar, principalmente quando fizer amor e só você atingir o orgasmo, é o sentimento de culpa por não deixá-lo gozar.
É uma sensação natural, mas equivocada.  Eis o porquê: ele quer muito isso, e vai ficar grato, muito grato por te dar prazer e ter o próprio orgasmo negado. Ele passou a considerar o prazer dele o SEU prazer. Ele esteve pensando nisso por um longo tempo e examinou de todos os ângulos.
Pergunte a ele agora, e você verá que estou certa.
Você pode, como muitas mulheres, ter tido uma experiência em relacionamentos anteriores, do quão desagradável e até mesmo agressivo que um homem pode ficar caso você não "dê a ele o que ele quer" (na minha opinião, muito machista). Isso talvez mais do que qualquer outra coisa age como uma barreira psicológica para as mulheres que querem aceitar o presente da castidade masculina. Isso pode causar o receio que esta “raiva” por parte do homem ocorra assim que ela disser o primeiro ‘não’ quando ele pedir um orgasmo. No fundo de suas mentes, é o medo de que, quando o momento chegar e você parar de estimular o pênis dele antes que ele atinja o clímax, ele vai ficar zangado e desapontado.
Eu prometo, ele não ficará.
Sim, ele vai implorar para que você deixe-o gozar - então como ele pode querer a negação se está pedindo pra gozar? - É que na verdade, quando ele pede pra gozar, ele quer que você negue, para que ele sinta o prazer de se sentir controlado por você.
Ele gosta de sentir que é você quem decide, que você está no controle. Isso o deixa 1000 vezes mais excitado e satisfeito do que 1000 orgasmos.
Mais uma vez, pergunte a ele se isso não é verdade e você verá que estou certa.
Por negar seus orgasmos você está dando o que ele quer, o que ele anseia ... e talvez até mesmo o que ele precisa.
Eu não posso provar isso a você, e eu não posso convencê-la de que estou certa. Então tudo que eu peço é que você experimente. Deixe-o provar isso a você. Prove para si mesma.
Acredite, se você der a ele o que ele quer, não importa o quão pouco você entenda ou goste disso tudo, ele será eternamente grato. Deixe-o gozar, e ele não vai agradecer por isso. Ele com certeza irá curtir muito o momento do gozo, pois de fato é extremamente prazeroso (assim como é pra você, é claro), mas depois de ter seu desejo esfriado, ele vai confessar humildemente que gostaria que você fosse mais rigorosa e não cedesse ao pedido que ele fez (deixá-lo gozar).
E esses são apenas os benefícios a curto prazo.
Assim, a segunda coisa é ... o que você pode esperar a longo prazo? Milagre.
Essa é a única palavra que me vem à mente para definir.  É claro que nada no início é tão emocionante quanto depois de um certo tempo já praticando. Na verdade, ambos têm muito a aprender em termos de o que funciona para ambos, como deve funcionar para gerar mais prazer, e como a castidade masculina melhor se encaixa com suas vidas.
Porque uma coisa que a castidade masculina faz é trazer de volta os sentimentos dos "primeiros dias", sentimentos que ambos tiveram quando começaram a ficar juntos e ele nunca achava que tinha feito o suficiente por você e não conseguia reter as mãos para si mesmo ao invés de tocá-la carinhosamente.
Entretanto, admito que há relatos de mulheres que reclamam que seus homens até passaram a exagerar no carinho e na atenção, deixando-as até irritadas, mas isso é compreensível. Caso aconteça com você, tenha paciência pois isso tende a passar em pouco tempo, e há várias maneiras de se lidar com isso. Lembre-se, você tem o controle.
E, francamente, ele está pensando sobre isso por tanto tempo, que se você somente concordar em dar uma chance já será o suficiente para fazê-lo pirar de felicidade. Você também vai descobrir que ele passará a ser muito mais atencioso e atento em todas as áreas de suas vidas juntos.
Algumas pessoas afirmam que isso acontece porque a castidade masculina o faz ficar submisso, capacho, mas isso não é necessariamente assim. A verdade é que ele está se sentindo mais perto de você e as pessoas que se sentem próximas gostam de fazer coisas boas um para o outro.

 E isso é tudo.

COMO FUNCIONA A CASTIDADE MASCULINA? COMO PRATICÁ-LA?

Você pode estar se perguntando como você pode impedi-lo de ter um orgasmo.
         Bem, isso depende.
         Quando vocês estiverem fazendo amor, vai ser uma questão de tentativa e erro. O entendimento tem que ser assim: ele deve PARAR quando sentir que está se aproximando do "ponto sem retorno" um pouco antes de não conseguir mais evitar o gozo. Aquele momento que não adianta parar o estímulo, que o orgasmo vem de qualquer jeito.
Mas você tem que ajudá-lo, também.
É complexo, e é mais uma coisa que as mulheres podem não conseguir entender (e felizmente não precisam), mas em todos os aspectos, não se trata se ELE chega a ter um orgasmo ou não. Trata-se de VOCÊ ser a única a decidir, não ele.
Disto surge uma outra questão delicada, e que pode chocar e até machucá-la, e que vai certamente fazer com que seu marido sinta-se embaraçado:
Ele se masturba.
Todos os homens se masturbam, assim que dada a chance. Eles começam geralmente com cerca de 12 ou 13 anos e não param até ficarem mais velhos o suficiente para não conseguir mais. Não importa o quão ricas e variadas sejam as suas vidas sexuais, eles se masturbam.
A maioria das mulheres não busca saber sobre isso ou perceber que é verdade, mas é.
Não é nenhum reflexo seu ou da sua feminilidade, por isso não se zangue com ele. Se você está irritada com ele sobre isso, então você vai ter que estar com raiva de toda a raça masculina, porque a verdade é que TODOS eles fazem isso.
E não tente pedir a ele para explicar. Ele provavelmente não pode, e por uma razão ou outra, ele não está satisfeito com ele mesmo a esse respeito, e isso pode ter a ver com o fato de que ele está se masturbando.
Isso é o suficiente para você aceitar que é verdade e para ajudá-lo a parar com esse hábito que rouba toda a energia sexual dele. Porque isso é uma parte fundamental da castidade masculina. Deixando de se masturbar, ele canaliza todo o desejo a você e isso explica a melhora geral em seu comportamento romântico e atencioso.
"Mas como vou ajudá-lo a parar de se masturbar?"  Esta é a parte mais difícil de revelar para muitas mulheres, porque é aqui onde tudo pode parecer a ficar mais um pouco "bizarro".
Mais uma vez, vou ser direta: o que ele quer usar é um dispositivo de castidade ou um cinto de castidade! Parece loucura, mas ele quer ter seu pênis trancado e que você e, só você, tenha a única chave, para abrir quando quiser, e para impedi-lo de cair na tentação de se masturbar novamente.
         Em outras palavras, ele quer que você sempre esteja certa de que ele não pode enganar você, tendo um orgasmo sozinho, escondido, sem que você o destranque e lhe dê permissão. E isso é fundamental. É como eu disse antes: ele não quer escolher se vai gozar ou não. Ele quer que VOCÊ faça isso por ele.
Agora, eu vou admitir que muitos dispositivos de castidade masculina são feios.
Alguns deles parecem francamente ridículos. Mas se você decidir praticar a castidade masculina com seu marido, mesmo que seja só para ver como é, então em algum ponto você provavelmente vai ter que investir em um dispositivo de castidade de algum tipo. E mais uma vez, vou ser franca: eles podem levar algum tempo para se acostumar. John e eu tivemos vários deles nos últimos anos e levou algum tempo para encontrar um que realmente se adequasse ao jeito que queríamos para brincar.
Para fazer o teste, você pode começar devagar, sem cinto de castidade mesmo, e apenas negar o orgasmo dele enquanto vocês fazem amor. Basta estar atenta, que em algum momento no futuro, ele provavelmente vai querer usar um dispositivo de castidade e que você tenha a chave. O que me leva a um tópico extremamente importante: os próximos passos.

A RIQUEZA ESTÁ NOS DETALHES

Neste ponto, meu palpite é que você está se sentindo meio sobrecarregada com tanta informação nova e chocante. Tudo bem, isso é totalmente de se esperar. Eu me senti da mesma forma quando John revelou seus desejos de castidade para mim e demorou um pouco para começar a organizar minhas ideias a respeito.
A primeira coisa a lembrar é que enquanto isso pode parecer um grande acontecimento dramático, ele realmente não tem que ser ... a não ser que você queira torná-lo um. Não é como se ele chegasse em casa e de repente dissesse que ele está tendo um caso, ou que ele quer mudar de sexo.
Na verdade, se você já provocou seu marido, e retardou o orgasmo dele alguma vez no passado, mesmo que apenas por alguns minutos, você já jogou este jogo! A única diferença entre o que você fez antes e que seu marido está lhe pedindo para fazer agora é o tempo. É uma diferença de circunstância, não de essência.
E essa pequena diferença, essa mudança pequena na percepção vai fazer toda a diferença para suas vidas juntos, se você der uma chance. Se você lhe der a chance de provar isso a você.  Assim, o passo seguinte é o mais sensato e vai ser o mais difícil, mas é ao que eu encorajo você a tomar. Seu marido teve a coragem de desnudar sua alma para você, e agora é sua vez. Porque fundamental para tornar o jogo da castidade masculina algo proveitoso é a comunicação aberta e inequívoca de ambos. Você tem que falar, e falar como você talvez nunca tenham conversado antes.   
Infelizmente, como você provavelmente sabe, em geral os homens são terríveis para isso, então eu tenho receio de que ele, no início, deixe a responsabilidade de conversar toda com você.
O mais difícil e embaraçoso que possa parecer, e o mais estranho sentimento que você possa sentir, não há substituto para uma boa conversa a respeito. E se você quiser chegar ao fundo do mesmo, então você simplesmente tem que fazer isso. Além disso, você provavelmente vai ter que convencer e orientar o seu marido a falar mais também.
Castidade masculina é difícil para as mulheres, mas, apenas de uma forma diferente de como ela é para os nossos maridos.
Por que é tão importante?
         Porque a riqueza realmente está nos detalhes.
         Deixe-me explicar o que quero dizer.
Se você perguntar a seu homem a questão mais importante e óbvia: "O que você quer?", Ele vai responder "Quero que você tenha o controle completo".
E mesmo que seja coerente com o que ele deseja, isso nunca funciona.
Por quê?
Porque, como eu disse antes, ele pensou sobre isso durante muitos anos. Ele tem um modelo muito detalhado de como exatamente essa fantasia acontece em sua mente, isso eu posso garantir. Ele diz isso, mas na verdade, pretende "induzir" você a soltá-lo quando ele quiser, mas você é quem deve estabelecer isso, afinal, é você quem está tendo todo o trabalho, então, seja firme e guarde a chave!
O problema é que ele não consegue se comunicar muito bem, e por três razões:
Primeiro, ele é um homem. E a maioria dos homens acham difícil falar sobre sentimentos. Eu duvido que eu estou te dizendo alguma novidade sobre isso.
Em segundo lugar, ele inconscientemente assume que você já o conhece e consegue adivinhar o que ele sente. É uma tendência humana natural de pensar que todas as pessoas veem o mundo através de nossos olhos. Nós, mulheres, fazemos isso também, quando deixamos soltas algumas pequenas dicas sobre as coisas e ficamos aborrecidas quando nossos maridos não as percebem. E essa incapacidade dos homens não acontece porque eles não nos amam ou não se importam conosco. Não, eles só não veem o mundo através de nossos olhos e não consegue ler mentes.  
Em terceiro lugar, discussões honestas, francas e abertas sobre o sexo muitas vezes são difíceis, até mesmo entre o mais próximo dos casais. A este respeito, você pode ser tão limitada quanto ele. Mas a vantagem que você tem, é que você é a única a fazer a pergunta - ele tem que revelar ainda mais sobre ele do que ele já fez até agora, apenas dando-lhe esta carta.

FINALMENTE ... LEMBRE-SE ...

A primeira coisa a ter em mente é que tudo isso tem que ser apenas diversão para ambos. Sim, a castidade masculina deve ser uma coisa séria ... mas o oposto de "divertido" não é "sério", mas sim "solene". Então, apesar de ter suas regras levadas a sério, o jogo deve ser muito divertido, senão não vale a pena jogar. Então, enquanto eu encorajo-vos a levar a sério e torná-lo tão real quanto vocês puderem, não perca de vista o objetivo de divertir.
Digo isso porque eu recebo e-mails de homens e mulheres que estão ficando saturados nas minúcias de ritual e nos detalhes do que eles "devem" ou "não devem" fazer, e isso pode ser muito enfadonho.
Às vezes, provavelmente na maioria das vezes, isso é até uma falta de comunicação. E para os outros é uma questão de se preocupar muito com o que outras pessoas estão pensado sobre seu estilo de vida. Provavelmente será inevitável, na sua busca de informações sobre castidade que você se depare com fóruns e blogs onde você vai encontrar o que chamo de "A castidade Taliban". Estas são uma pequena minoria, mas muito agressivos e, e que vão gastar uma grande quantidade de tempo e problemas para tentar dizer como você deve estar jogando a castidade masculina.
Meu conselho? Ignore-os.
Não perca um minuto do seu tempo, mesmo se for para conhecê-los.
Como diz John, meu marido, "Nunca lute com um porco. Porque você quer acabar coberto de lama, e o porco gosta disso". A coisa mais importante sobre o jogo é perceber o que você e seu marido querem dele. É a SUA vida e o SEU relacionamento. Vocês podem - e devem - jogar o jogo da maneira que mais lhes agradar. Não há um modelo ou um padrão de prática. E isso mostra, é claro, que definir as regras básicas que vocês vão seguir é muito importante.

O PRÓXIMO PASSO

O próximo passo é com você. Eu posso imaginar como você está sentindo agora, porque lá estava eu, exatamente onde você está agora, apenas tão pouco tempo. Eu sei os pensamentos que estão voando pelo sua mente, eu sei que a montanha-russa emocional que você está.
Mas quando você abaixar essa carta e olhar para o seu marido, você tem uma escolha a fazer. Você pode dispensar tudo o que você acabou de ler e dar-lhe os ombros, fingindo que a coisa toda nunca aconteceu, ou você pode olhar em seus olhos, reconhecer que ele está apenas compartilhado com você, mesmo se você realmente não entende, e resolver para avançar um passo de cada vez – começando com um sincero papo sobre o que você acabou de ler.

Felicidades para vocês,