25 de maio de 2017

Parceria com a Rainha

Saudações submissas a Todas! 

Tenho o imenso prazer de anunciar que vamos voltar com o grupo whatsapp CMC.!!!!



É eu sei, até que enfim!!


Mas dessa vez, a administração do grupo CMC vai ficar por conta dela. É dela mesma:
A Rainha Atena!!
Lembram dela?


Então, em contato com a nobre integrante do antigo grupo, ela se ofereceu para cuidar do grupo CMC. Quem já fez parte do antigo grupo já a conhece. As Damas que estavam no grupo com ela, diziam que ela tinha mesmo muito a ensinar, e dali surgiram diversas amizades. Casais e homens solteiros (Damas solteiras acho que tivemos algumas também), puderam compartilhar ideias, sérias e divertidas, foi um período muito bom. Chegamos a mais de 40 membros, todos se tratando sempre com muito respeito, apesar do assunto dar muito tesão.

Eu ia divulgar apenas dia 12/06 mesmo, quando disse que o blog ia voltar, mas sabe como é, né: ordem de Rainha não se nega. Ela quis que fosse logo, então aqui está. As(os) interessadas(os) em voltar para o grupo, ou conhecer pela primeira vez, mandem logo uma mensagem para a Rainha Atena:

Whatsapp (71) 981660558 claro


E aproveitem para provarem o gostinho de uma verdadeira dominação feminina e conheçam o blog profissional dela (ela atende submissos e submissas): 




Grande abraço!

Squal

7 comentários:

  1. aeee que otimo!
    mensagem enviada para a rainha!

    ResponderExcluir
  2. É possível alguém de Portugal participar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas é claro, amigo! Escreve para a Rainha Atena. Ela terá um grande prazer em recebê-lo ora, pois!

      Excluir
  3. Conheça meu reino
    Onde adestro meu escravo
    A ser escrava submisaa é puta
    https://rainhadominacadela.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  4. O numero nao e valido para portugal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já tentou digitar 55 71... (tem que colocar o código do Brasil (55)

      Excluir

Fala Galera! Fiquem à vontade para comentarem, escrevam o que acharam da postagem! Os comentários anônimos estão liberados.